29 de setembro de 2016

Turistando Rivera/Uruguai

Pra quem tanto me pediu, aqui está. Quem respondeu a pesquisa de público que ainda se encontra na barra lateral do blog, sabe que tem uma perguntinha ali referente ao que você acha que falta aqui no blog. Algumas respostas foram "viagens". Então eu não falo muito a respeito disso aqui justamente por que eu não tinha o costume de viajar, mas nossa, depois que você pega gosto pela coisa, tudo que você consegue pensar é em quando será a próxima. 

No ultimo final de semana viajei uns 600km até Rivera a cidade do Uruguai que faz a divisa com o Brasil. O legal e muito engraçado é que de um lado da rua é o Uruguai e do outro já é o Brasil especificadamente Santana do Livramento. A divisa é conhecida como a Fronteira da Paz, onde se encontram mais ou menos 200 mil habitantes que vivem de forma muito harmoniosa. 

Eu particularmente amei a viagem, gostaria de ter ficado mais tempo pra conhecer a capital Montévideu, de antemão achei demais o portunhol (português+espanhol) deles, e uma das coisas que mais me chamou atenção foi as lojas trabalharem com 3 tipos de notas, dólar, peso e real. Cara, não sei como as caixas conseguem se entender com esse sistema maluco. De resto o dólar está alto, o peso não vale bem dizer nada e tem muitos brasileiro lá passeando e fazendo compras. Para quem mora no Sul, sabe que muita gente viaja pra lá com esse propósito de compras e não necessariamente à passeio como foi o meu caso. 

Mas em fim... Chegamos lá na sexta feira à noite, fizemos nosso cheking no Rivera Cassino e Resort, nossa suíte era a Black Jack (elas são caracterizadas por nomes relacionados a jogos) bem em cima do cassino, isso era muito legal, porque podíamos ir e voltar do quarto para o cassino se quiséssemos a qualquer momento.
Fim do corredor, escada rolante que dava para o cassino e a direita era a entrada do nosso quarto.
Suíte Black Jack 
O cassino é muito legal, tem muita gente a maioria mais idosa que são viciados de fato em jogo. A roleta é o melhor pra mim, vai da sua sorte haha mas também tem as maquinas, que depois de tanto debatermos concluímos que elas são programadas para o jogador ganhar raramente.
No cassino não eram permitidas fotos, mas conseguimos burlar o sistema por alguns instantes e tiramos algumas que não ficaram ótimas justamente por terem sido tiradas na moita. haha
No sabado de manha acordamos cedo, tomamos café no hotel, e meu Deus que café Depois fomos pra rua dar voltas, e eu acabei não fotografando os lugares justamente porque fiquei envolvida com compras, no almoço fomos almoçar no restaurante Parrillada La Picaña, uma tipica churrascaria uruguaia. A comida era boa mas achei um sarro o atendimento, porque  o atendente tava falando com você e do nada com outra pessoa de outra mesa também, atendendo as duas ao mesmo tempo, quase que conversávamos entre as mesas. 
Ainda no sábado acordei com conjuntivite, a noite jantamos no restaurante Do gaúcho que ficava dentro do hotel mesmo e que é maravilhoso, confesso pra vocês melhor que o Parrillada, e sem contar que comi uma sobremesa mara, não era Petit Gateau porque invés de bolo no lugar vinha um brownie que também não deixava nada a desejar.

A noite fomos novamente ao cassino mas voltamos cedo porque eu não estava bem. E domingo pela manha, tomamos café e nos despedimos do hotel. Esse foi meu roteiro de viagem, eu sei eu devia ter passeado mais e tirado mais fotos, mas para isso precisaríamos de mais tempo, e eu de saúde, no domingo eu acordei ainda pior e fomos obrigadas a voltar mais cedo para casa.
Pra quem queria mais sobre viagem, gostou? Acham que falta algo no post? A propósito eu não falei de valores por que não lembro, o que posso dizer é que lá é tudo mais barato do que onde eu moro atualmente, claro se tratando de uma viagem pra outro país a gente sempre gasta mais, porém do meu ponto de vista vale super a pena, visto que comparado ao Brasil tudo é mais barato, sem os impostos e taxas.
Num geral o que acharam do post? Gostaram? Querem ver mais desse assunto aqui? Se você ainda não respondeu e puder ou quiser claro, responde pra mim a pesquisa de público aqui?!
__________________________________________
Me acompanhe também nas outras redes sociais: 

19 de setembro de 2016

Gratidão gera gratidão

Sim, eu sei que essa frase é sobre gentileza, e convenhamos, nos tempos de hoje, gratidão é gentileza. Aliás muito do que deveria ser do vocabulário usual do ser humano, tipo, obrigada, de nada, com licença, por favor tá bem escasso, como se essas palavrinhas mágicas gastassem, mas, não gasta não meu bem, pode usar à volonté.
Créditos
O post de hoje não é sobre boa educação, mas sim sobre gratidão! Alguns vão me perguntar o que é gratidão Adri? E agradecer ao que?  De forma abrangente gratidão é quando reconhecemos as dádivas que a vida nos proporciona ou quando prestamos reconhecimento por uma ação ou benefício recebido, quando nos sentimos gratos e agradecidos. E sobre, ao que agradecer, ai é você quem escolhe. Pode ser alguém, algo, o universo, os céus, os astros, Deus, a vida em fim, você pode agradecer a quem ou ao que achar que deve.

Eu amo e sou grata por tudo que tenho, por tudo que Deus me dá, por tudo que a vida me trás e me leva, sou grata pela vida, pela saúde, sou grata a tudo, e escrever isso me trás água nos olhos e uma sensação indescritível de positivismo. Segundo a lei da atração uma energia emitida de uma forma concreta irá atrair outra energia idêntica à projetada. Ou seja, se agradecer tem uma característica maravilhosa, é essa: Quanto mais você agradece, mais você recebe pra agradecer. Isso não te parece incrível?

Imagine que tudo que você disser obrigada, você receba mais. Um exemplo super banal mas bem interessante no nosso mundo capitalista é a possibilidade de Você receber seu salário, e ao invés de assinar apenas o contracheque, deixar com seu chefe um obrigada, é bem possível que você atraia sempre mais, não?! Afina, quanto mais você agradece, mais você recebe pra agradecer. Com esse exemplo também vem algo muito grave. Não adianta você pronunciar obrigada sem se sentir realmente grato, porque não é assim que funciona, e se tem algo que eu acredito e acredito muito são em energias! Então, por favor, tome cuidado com isso.

Murmurar, resmungar, reclamar trazem consigo prisão sentimental, vitimismo e tristeza. Não seja essa pessoa, agradeça, agradeça inclusive pelo não que você recebeu, Deus, o universo ou seja qual for a sua crença sabem das suas necessidades, e muitas vezes o que parece ser o fim do mundo é apenas o começo de uma vida muito melhor. E lembre-se, você recebe o que emite.
Ao fim desse post deixo uma lista de 15 passos para ativar sua gratidão que encontrei no blog Natural Vibe.
1. Aprecie
2. Pare de rotular
3. Seja otimista
4. Se livre do seu passado
5. Evite comparações
6. Seja bondoso
7. Seja ativo e não reativo
8. Nutra suas relações
9. Perdoe
10. Evite querer impressionar os outros
11. Se comprometa com seus objetivos
12. Cuide do seu corpo
13. Acredite
14. Sonhe
15. Se doe
Acho importante dizer que agradecer para algumas pessoas pode ser algo mecânico ou forçado, mas lembre-se que quando estamos à criar um hábito novo, precisamos de um tempo para isso ser parte de nós. Então mesmo que seja do contrário ao que eu disse mais à cima, tente, mas não por interesse de receber de volta e sim pelo interesse de realmente se sentir assim, agradecido, leve, positivo...
__________________________________________
Me acompanhe também nas outras redes sociais: 

18 de setembro de 2016

Ela é interessante... Mas você não faz questão de ver

O interessante de uma mulher não está na beleza de um rosto bem maquiado, não está no pernão, no bundão, no peitão... Está naquele sorriso com malicia que você não vê, no brilho do olhar discreto ou não que você simplesmente não presta atenção.

O interessante está no conteúdo que ela nem sempre faz questão de te mostrar, porque você não iria sequer se importar, está no beijo demorado que você não quis porque mal podia esperar pra arrancar a roupa que cobria o simples corpinho bonito. O interessante está naquelas palavras que ela não disse porque você não queria ouvir. Nos carinhos que ela não fez porque você não merecia receber.

Esta embaixo daquele cabelo lindo que você fez questão de bagunçar sem prestar atenção... O interessante de uma mulher está na postura que ela assume consigo mesma e não no papel que ela assume pra você, está no enigma que ela carrega e você se pergunta: "o que é que ela tem?" o interessante dela está nesta resposta que você não tem.

Ela é interessante, só que as vezes você não a permite mostrar ou simplesmente demonstra não merecer. E ser fútil as vezes é o disfarce que ela usa pra não manter relacionamentos desnecessários, criar expectativas que serão frustradas ou quebrar o coração de gelo que pra ser consertado causa um estrago, isso leva muito tempo no congelador, e essa é parte trágica que não à permite derrete-lo por qualquer sorriso. Mostra que você vale a pena, caso contrário, desculpa moço, ela merece esse algo à mais, você sabe, que valha o esforço caso o fogo se apague.
__________________________________________
Me acompanhe também nas outras redes sociais: 
Copyright © 2016 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo